quarta-feira, 28 de julho de 2010

Fotógrafo morre baleado após pedir para noivos posarem com rifles

Um fotógrafo de casamentos morreu baleado após pedir que os noivos posassem com rifles antes da celebração do matrimônio em igreja na cidade deAltofonte, perto de Palermo (Itália).Calogero Scimea, de 45 anos, foi atingido na cabeça quando uma das armas disparou acidentalmente.

Calogero morreu diante dos noivos,Ignazio Licodia, de 25 anos, e Valentina Anitra, de 22. As armas, dos pais dos noivos, eram usadas para a caça.

"As armas estavam regularizadas, mas não deveriam ser manipuladas por pessoas sem experiência", disse Teo Luzi, porta-voz da polícia de Palermo.

Por ironia do destino, Calogero não era a primeira opção para fotografar o casório de Ignazio e Valentina. O profissional escolhido ficara doente e não conseguiu realizar o serviço.


O casamento, obviamente, foi adiado.

"Todos se encontram em estado de choque", disse a vice-prefeita de Altofonte, Angela Busellini.

***

Fotógrafo de casamento sem dúvida nenhuma é uma profissão muito perigosa.

Fonte: O Globo

Um comentário:

Amanda Silveira disse...

iihh... eu, hein? eu que nao queria ser fotógrafa desse casal :S
auishauihsauihshausuia